terça-feira, 5 de junho de 2012

Tico e os amigos visitam a casa fantasma



Está muito escuro! Como vamos descobrir o caminho? – Diz muito aflito o coelhinho.
Tico, o cavalo consola o coelhinho:
- Não chores amigo, o morcego voador ajuda-nos. Não sabes que ele consegue ver no escuro!
-Amigos, vocês podem ficar aqui a dormir. A gruta é muito grande e cabemos todos. Também podemos brincar mais um bocadinho.
 Vai ser uma grande diversão! - diz o urso vermelho.
Ficam todos a dormir na gruta
- Está bem, pode ser - disseram eles.
- Amanhã temos que acordar muito fresquinhos, porque a nossa casa ainda é muito longe. - lembrou o porquinho.

No dia seguinte acordaram, disseram adeus ao urso vermelho e ao morcego voador e lá começaram a longa caminhada.
Andaram, andaram....e pelo caminho encontraram um veado de cor lilás, muito diferente. Nunca tinham visto um veado daquela cor!


O encontro com o veado lilás

O veado convidou-os a conhecer a sua casa, que ficava muito perto dali, para eles visitarem.

O veado convida-os a visitar a sua casa
O veado convida-os a visitar a sua casa


 A casa do veado era muito estranha, parecia uma casa fantasma. Era assustadora!Metia medo e estava pintada de roxo que fazia lembrar as bruxas.
Começaram a tremer e tinham medo de entrar.

A casa fantasma
 O veado disse com uma voz muito meiga:
 - Entrem, entrem e comam tudo o que quiserem, porque devem estar com fome.
Na mesa havia coisas deliciosas: rebuçados, gomas, chupas e muitas bolachinhas de chocolate.
Comeram tanto que ficaram com dores de barriga. Uns começaram a cair no chão e outros até adormeceram sentados.
Adormeceram todos por magia

(CONTINUA)



Alunos do Jardim de infância de Francelos

1 comentário: